MENU

CONTACTO

SEARCH

PROJECTOS

_

EM CURSO

TODOS

SOBRE CA

_

ATELIER

EQUIPA

CA DENTRO

_

LOJA

SEARCH

MORADA

_

ca@carvalhoaraujo.com

Largo de Santa Cruz, 506, 1 Andar 

4700-322, Braga Portugal
253 283 580

PRESS

_

dc@carvalhoaraujo.com


- Publicar algum projeto ou assunto sobre o atelier.
- Obter informações sobre os projetos para fins académicos, ou organizar visitas de estudo.
- Solicitar a participação do atelier em conferências ou outro tipo de eventos.

PROJETOS

_

jca@carvalhoaraujo.com

- Saber o que fazemos e como trabalhamos.
- Como encomendar um projeto.
- Propor alguma parceria ou investimento.

CANDIDATURAS

_

jobs@carvalhoaraujo.com

- Envio de candidaturas para estágios, emprego e colaborações.

SEARCH

Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

CASAS

ESTADO

Projeto

EQUIPA

Carvalho Araújo

Joel Moniz

Alexandre Branco

Nicollo di Navarro

Casa SBC
São Paulo, Brasil

CASAS

Estado

Projeto

DESIGN TEAM

Carvalho Araújo

Joel Moniz

Alexandre Branco

Nicollo di Navarro

Entrando pela cota mais alta do terreno somos puxados para uma clareira de vegetação luxuriante, envolvente e distante do “mundo exterior”. Um objetivo claro a priori: preservar a relação de maior intimidade com o terreno, criando uma barreira capaz de separar o “mundo interior” da envolvente exterior. É a imagem pública da casa: limpa, leve e ligeiramente destacada do terreno, como se não o quisesse importunar. Transpondo a “barreira” por baixo, através de um pátio contíguo ao terreno (só percetível quando nos aproximamos da casa), é aí que todo o “enredo” se desvenda e é no átrio de entrada que se descobrem a clareira e a piscina que a intersecta. Constrói-se nesse piso a zona social da casa, numa espécie de movimento simétrico ao da clareira, abraçando o espaço exterior central que relaciona as áreas sociais com a piscina e com o terreno, sem que nada impeça a relação visual e física com o jardim.


O objectivo é que o jardim e a casa se unam numa simbiose onde a construção se vai adaptando ao terreno, de forma a que a sua presença se torne mais elegante e menos impositiva. A casa e o jardim são tratados como algo que evolui e sobre os quais se vão sedimentando diversos processos de apropriação.

CARVALHO ARAÚJO