MENU

CONTACTO

SEARCH

PROJECTOS

_

EM CURSO

TODOS

SOBRE CA

_

ATELIER

EQUIPA

CA DENTRO

_

LOJA

SEARCH

MORADA

_

ca@carvalhoaraujo.com

Largo de Santa Cruz, 506, 1 Andar 

4700-322, Braga Portugal
253 283 580

PRESS

_

dc@carvalhoaraujo.com


- Publicar algum projeto ou assunto sobre o atelier.
- Obter informações sobre os projetos para fins académicos, ou organizar visitas de estudo.
- Solicitar a participação do atelier em conferências ou outro tipo de eventos.

PROJETOS

_

jca@carvalhoaraujo.com

- Saber o que fazemos e como trabalhamos.
- Como encomendar um projeto.
- Propor alguma parceria ou investimento.

CANDIDATURAS

_

jobs@carvalhoaraujo.com

- Envio de candidaturas para estágios, emprego e colaborações.

SEARCH

Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

EQUIPAMENTO

ESTADO

Concluído

CLIENTE

Câmara Municipal de Braga

EQUIPA

Carvalho Araújo

Joel Moniz

Ana Vilar

André Torres

Carlos Vinagre

Filipa Casaca

José João Santos

Leandro Silva

Pedro Mendes

Sandra Ferreira

GNRation
Braga, Portugal

EQUIPAMENTO

Estado

Concluído

Client

Câmara Municipal de Braga

DESIGN TEAM

Carvalho Araújo

Joel Moniz

Ana Vilar

André Torres

Carlos Vinagre

Filipa Casaca

José João Santos

Leandro Silva

Pedro Mendes

Sandra Ferreira

O GNRation é um edifício cultural localizado no centro histórico de Braga, desenvolvido no âmbito do projecto Braga Capital Europeia da Juventude, em 2012. 


A intervenção no antigo edifício da GNR usa o conceito de ocupação como motivo, explorando o limite entre uma estrutura existente abandonada e um novo corpo invasor que se apodera do espaço. Mais do que um objecto final, trata-se de um espaço em regeneração constante. O corte abrupto na fachada sugere a ruptura da nova intervenção, como uma ferida aberta no edifício que expõe o seu interior e capta a atenção do observador para este ponto. Ao mesmo tempo, explora-se a noção de continuidade no limite ténue entre o edifício e o espaço urbano, através do prolongamento do espaço público para o interior e vice-versa. A permeabilidade, física e visual, assume-se como uma peça fundamental na relação que se pretende estabelecer com o espaço urbano.


A intervenção incide, por um lado, sobre o edifício existente, através da reformulação dos espaços interiores e das operações de recorte na fachada, criando um maior equilíbrio e noção de conjunto em todo o edifício; por outro lado, na “invasão” do espaço do logradouro e dos pátios com uma mancha vertical de vegetação, através de uma grande estrutura metálica que se afasta da fachada e que, para além de suportar os vasos e de camuflar as condutas e outros equipamentos técnicos, reformula a imagem do interior dos lotes e enfatiza o conceito de espaço semi-ocupado, que foi apropriado pelo tempo. 

Image
Image
Image
Image
Image
Image

CARVALHO ARAÚJO