MENU

CONTACTO

SEARCH

PROJECTOS

_

EM CURSO

TODOS

SOBRE CA

_

ATELIER

EQUIPA

CA DENTRO

_

LOJA

SEARCH

MORADA

_

ca@carvalhoaraujo.com

Largo de Santa Cruz, 506, 1 Andar 

4700-322, Braga Portugal
253 283 580

PRESS

_

dc@carvalhoaraujo.com


- Publicar algum projeto ou assunto sobre o atelier.
- Obter informações sobre os projetos para fins académicos, ou organizar visitas de estudo.
- Solicitar a participação do atelier em conferências ou outro tipo de eventos.

PROJETOS

_

jca@carvalhoaraujo.com

- Saber o que fazemos e como trabalhamos.
- Como encomendar um projeto.
- Propor alguma parceria ou investimento.

CANDIDATURAS

_

jobs@carvalhoaraujo.com

- Envio de candidaturas para estágios, emprego e colaborações.

SEARCH

RIBEIRA GRANDE 1
RIBEIRA GRANDE 2
RIBEIRA GRANDE 3
RIBEIRA GRANDE 4
RIBEIRA GRANDE 5
RIBEIRA GRANDE 6
RIBEIRA GRANDE 7
RIBEIRA GRANDE 8
RIBEIRA GRANDE 9
RIBEIRA GRANDE 10
RIBEIRA GRANDE 11
RIBEIRA GRANDE 12
RIBEIRA GRANDE 13
RIBEIRA GRANDE 14
RIBEIRA GRANDE 15

TURISMO

ESTADO

Em Curso
Hotel Ribeira Grande
São Miguel, Açores

TURISMO

Estado

Em Curso

O Hotel Ribeira Grande localiza-se na Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, Açores.

As ilhas açorianas são um daqueles locais onde o nosso lado primitivo desperta! O risco, a adrenalina, a beleza são uma combinação que nos provoca um alerta constante, instintivo.

No terreno sentimos que estamos numa ilha. Essa sensação de limite enfatiza a necessidade de intimismo, recato, recolha, protecção, mas em continuidade com uma paisagem estimulante, onde as forças da natureza criam uma atração visceral. No lugar combinam-se a falésia sobranceira à praia, a planura das estruturas agrícolas envolventes e o relevo montanhoso dos vulcões, imponente e sempre presente na paisagem, as ondas, o som das ondas, e o infinito oceano sob as estrelas em noites limpas.

O projecto foi inspirado nesta paisagem. O padrão das estruturas agrícolas como elemento disciplinador, as linhas de plantação de chá que organizam percursos e bolsas de intimidade junto de cada casa, os muros de pedra vulcânica como elementos de protecção e de construção, dispõem-se no terreno como ondas e espuma do mar; recuando, avançado, altos, baixos, ondulantes, em contraste com a rigidez recta da rocha.

É proposta uma paisagem que se constrói em si própria e em relação com a envolvente, porque uma densidade de construção mínima é recomendada em termos de programa, o que obriga a uma gestão cuidada das relações de vizinhança, onde a construção fará parte da paisagem que queremos ver.

Os espaços interiores, tal como o magma, criam brechas nas superfícies solidificadas, expandindo-se continuamente para o exterior. Assim entre espaço interior e espaços exterior não existe limite óbvio. Os materiais usados no interior, quentes e confortáveis, prolongam-se para o exterior, fundindo-se na pedra.

Cada sala, cada quarto, cada espaço torna-se numa “ lareira” envolvida em rocha negra. As construções, com mais densidade junto à praia e à falésia, vão rareando cada vez mais para o interior, até desaparecerem…

RG EXTRA 2
RG EXTRA 3

CARVALHO ARAÚJO